Encontro de casais–Lutando para que seja por toda vida!!!

Até  que a morte…

Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne. Gênesis 2.24

No capítulo 2 do livro de Gênesis, lemos sobre o primeiro casamento, o de Adão e Eva. No versículo 24, as Escrituras descrevem este casamento usando duas palavras importantíssimas: DEIXAR E UNIR.

A primeira palavra é “deixar”. O homem deixa emocionalmente de ser filho e se torna marido. Semelhantemente a mulher deixa emocionalmente de ser filha e assume o papel de esposa.

Quando não há esse “deixar” emocional, há problemas no casamento, especialmente com relação aos sogros.

A segunda palavra é “unir”. No hebraico significa “cimentar”. O plano original de Deus é que duas pessoas casadas expressem o seu amor mútuo e desfrutem dele através do ato sexual.

O plano de Deus não é separação ou divórcio. O relacionamento é para sempre, até que a morte os separe.

Não faz parte do plano de Deus à separação, só quando ocorre a morte de um dos cônjuges. Deus permitiu o divórcio por causa da dureza dos corações do povo de Israel, mas este não era seu plano original.

Somente o noivo e a noiva que deixaram e se uniram em casamento, tornando-se uma só carne, podem desfrutar realmente, do plano de Deus na área sexual, com todo aval e benção do Pai.

Por isso, preocupados com a união matrimonial, queremos convidar o amado casal a participar no

dia 31 de março de 2012 – sábado, as 19h30,

da Ministração para Casais, que acontecerá em nossa igreja na qual o local já esta endereçado abaixo, cujo tema será

MINISTÉRIO DE UMA SÓ CARNE.

Pense nisso:

Houve realmente um deixar da parte de ambos quando resolveram se “cimentar” para todo sempre?

Jaime e Judith Kemp, Devocional para casais

Esperamos por vocês!

Deus abençoe.

Encontro de Casais – Out/2011

IEMRE Grajau - Encontro de Casais

Momentos Preciosos!!!

…que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda percepção, para discernirem o que é melhor, a fim de serem puros e irrepreensíveis até o dia de Cristo… Filipenses 1.9

Temos tido momentos preciosos em nossa vida! Quando olhamos para trás, nos lembramos das experiências inesquecíveis do passado e quando olhamos para o futuro, planejando o que iremos fazer, sonhamos com o que está por vir. Compartilhar o dia a dia é indispensável, não só os acontecimentos, mas, também, as opiniões, julgamentos e sentimentos que vieram acontecer.

Deus não nos quer distantes de si. Ele é alguém presente querendo participar de nossos instantes de dor e alegria, decepção e felicidade, derrota e vitória.

  • É ele quem nos fornece capacidade e poder para:
  • Perdoar quando o cônjuge é infiel;
  • Desejar suprir as necessidades do cônjuge, apesar do egoísmo;
  • Tentar resolver os conflitos que surgirem, não dando lugar à própria vontade;
  • Honrar os compromissos assumidos no dia do casamento;
  • Manter sua comunicação clara e precisa com meu esposo ou esposa, não importando as dificuldades;
  • Fazer do meu cônjuge o meu amigo;

Mas, como colocar em prática tudo isso? Há possibilidade de aplicar estas verdades sem uma capacitação que venha diretamente de Deus? Aceitação verdadeira requer uma disposição de ser vulnerável as dores e desilusões de um relacionamento imperfeito. Para alcançar esta aceitação, precisamos continuamente, perdoar nosso marido ou nossa esposa quando este (a) nos machuca.

Precisa de mais orientações para sua vida conjugal? Convidamos vocês a estarem conosco no próximo sábado, dia 29 de outubro de 2011, as 19h00.

Pense nisso:

 

A atribulada vida moderna, nos lança à luta pela sobrevivência em uma sociedade cada vez mais competitiva. Por outro lado, mesmo extremamente atraente em relação a tudo que nos oferece, não pode, de modo algum, essa vida moderna afastar-nos do convívio da nossa família e da cumplicidade, companheirismo e intimidade do nosso cônjuge.

Jaime e Judith Kemp

Esperamos por vocês!

Pr Leandro e Pra Telma

Encontro de Casais

IEMRE Grajau - Encontro de Casais

Não desista!!!

Entregue suas preocupações ao Senhor, e Ele o susterá; jamais permitirá que o justo venha a cair. Salmo 55.22

Sabemos que é quase impossível não termos conflitos no casamento. Afinal somos duas pessoas diferentes ocupando o mesmo espaço, fazendo valer convicções, sonhos, projetos. Enfim, na mesma proporção que nos unimos, divergimos, conflitamos, brigamos… Mas quando casados, esta mesma energia deve ser gasta para solucionar os problemas diários.

Quando pensamos em nossa relação com Deus, também concordamos que nossas atitudes transgridem a Sua vontade, comprometendo até nossa comunicação com Ele! No entanto, vemos que nem por essas cousas, Deus tem nos deixado ou se afastado de nós. Antes, por Seu amor, permanece fiel auxiliando-nos ao relacionamento duradouro e saudável com Ele.

Sendo assim, acreditamos que a nossa aliança com Deus e com o nosso cônjuge permeia em conhecermos A Deus pela sua palavra e aplicá-la em nossa vida e em nosso casamento.

Por isso, com grande estima, queremos convidar o amado casal a participar nesse sábado, dia 13 de agosto de 2011, as 19h30, da Ministração para Casais, que acontecerá em nossa igreja.

 

 

Pense nisso:

O orgulho, a vaidade, o egoísmo, a incompreensão etc., impedem que o relacionamento tenha nova chance. Assim como Deus não desiste de nós, devemos nos empenhar ao máximo para honrar nosso cônjuge e mesmo em divergências de opinião, trabalhar juntos para solucioná-las, sob a orientação de quem tem todo interesse em nos ver felizes e estáveis – Deus.

Jaime e Judith Kemp

Esperamos por vocês!

Pr Leandro e Pra Telma

Aconteceu e foi uma benção!!!

P1070788[8]

Estivermos orando e clamando pelos casais e pelos conjugês que não puderam vir… Acreditamos na transformação!