IEMREGrajaú – Noite do Pijama 2013

564480_519207644828507_1919731308_n
 

 

“Se eu pudesse iniciar o meu ministério tudo de novo, iria me dedicar completamente à evangelização das crianças!” 
 
Frase proferida por dois reconhecidos servos de Deus no final de suas vidas: 
J. Bunyan e D. Moddy.
 
John Bunyan, escritor e pregador cristão nascido na Inglaterra, autor de “O PEREGRINO” a alegoria cristã mais conhecida em todos os tempos.
Dwight L. Moody, evangelista e editor americano que fundou o Instituto Bíblico Moody e a Moody Press.
“Proclamar a Pessoa e a Obra extraordinária de Jesus Cristo a todas as crianças, em todos os contextos e culturas, para a glória de Deus é a prioridade máxima! Que em todo mundo, os que já nasceram de novo pela fé em Cristo, tenham visão e ação para levar as crianças à salvação, enquanto ainda são crianças.”
 
Gilberto Celeti, pastor
Superintendente nacional da APEC
Aliança Pró Evangelização das Crianças
 
 

 

Dia da Bíblia no MuBi – 2º domingo de dezembro

No próximo domingo estaremos comemorando o Dia da Bíblia no MUBI – Museu da Bíblia, visite o site e prestigie o trabalho da SBB: http://www.sbb.org.br/mubi/src/

 

Já fomos, gostamos e vamos retornar, veja os links:

http://www.iemregrajau.com/2009/02/acampadentro-de-jovens.html

http://www.iemregrajau.com/2010/07/noite-do-pijama-2010_12.html

IEMRE Grajau – Noite do Pijama 2011

IEMRE - Noite do Pijama 2011 - 2[3]

IEMRE - Noite do Pijama 2011[7]

Hora da verdade

“A tua palavra é a verdade.” João 17.17

100_0442[12]

No momento da Ministração da Palavra, utilizamos a história “As 2 esponjas”, uma alegoria da Apec, cujo ensino principal é que Jesus pode limpar e perdoar o seu pecado, sob o versículo chave de Salos 51.7 “Lava-me e ficarei limpo…”

Hora do louvor

“Louvai ao Senhor. “ Salmos 147:1

100_0424[8]

Não poderiam ficar de fora louvores como: 3 palavrinhas, Se vou ou se volto, O sabão, Livro sem palavras, Homenzinho torto… louvores que as crianças tanto gostam.

Hora da oração

“Lava-me e serei limpo. “ Salmos 51.7

100_0464[14]

Café-da-manhã151020111164[9]

SE O PAI SOUBESSE…

Em muitas Igrejas, escolas e lares, o PAPAI será homenageado através de programas, músicas e presentes. É uma lembrança justa e oportuna. Nesse dia, mais do que em qualquer outro, os pais se conscientizam de alegria, privilégio e responsabilidade que têm.

Deus deu-lhes filhos. Filhos que são “herança do Senhor”. Filhos que levarão o nome da família à sua posteridade.

Filhos que serão os construtores do mundo.

Que papel tem o pai na vida presente destes pequeninos seres, considerando o futuro que os aguarda? Qual é sua influência na educação espiritual, moral e intelectual dos seus descendentes?

O Senhor Jesus Cristo nos diz em Mateus 24.43: “Se o pai da família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa.”

Os assaltantes não avisam quando atacam. Porém, há outros tipos de ladrões, cujos locais e horários de atuação podem ser detectados pelos pais. Estes ladrões roubam o tempo, a saúde, os pensamentos, a inteligência, a pureza moral e o coração dos nossos filhos. Ladrões, cujos os nomes são os mais variados, como: revistas e filmes pornográficos, amizades e reuniões mundanas, sexo livre, entorpecentes, maconha, heroína, ideologias, materialistas, etc.

É imprescindível, nos nossos dias, que os pais estejam a par do programa diário dos filhos, sejam eles crianças, adolescentes ou jovens. Os pais precisam saber onde e com quem andam seus filhos.

Há duas coisas que o Senhor Jesus recomenda ao chefe de família no versículo acima citado:

1º VIGIAR – estar atento, acordado, de sentinela, zelando pela integridade de sua prole.

2º NÃO DEIXAR SUA CASA SER ARROMBADA – enviar todos os esforços para que seu lar permaneça intacto, sem arrombamentos de ordem física, moral e espiritual.

A tarefa é árdua, difícil e longa. Porém, você, PAPAI, não está sozinho. Deus – o Todo Poderoso, que lhe conferiu a benção de ser pai, irá em sua companhia, porque Ele mesmo tem dito: “Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o Senhor teu Deus é contigo por onde quer que andares.” (Josué 1.9)

Parabéns, PAPAI, pelo seu dia! Seja forte e corajoso!

Esther Duarte Costa, Diretora Responsável, Revista O Evangelista de crianças, Apec

Homenagem aos pais

P10708207

Escola Bíblica Dominical–EBD (Estamos de volta!!!)

“Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas, mas o que se gloriar, glorie-se nisto:

em me entender

e me conhecer,

que eu sou o Senhor, que faço beneficência, juizo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor.”  Jeremias 9.23,24

EBD - Escola Biblica Dominical - MOD001-A3

Depois de um mês de recesso, estamos de volta. Nesse semestre vamos estar aprendendo um pouco mais sobre santidade, afinal tema anual do ministério e o Senhor tem nos exortado quanto nossas atitudes, muitas vezes elas são pra lá de longe de serem atitudes cristã – mas do que tempo de sermos santos e agirmos como tal!

“Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” Hebreus 12.14

Nesse domingo, a turma dos pré-escolares teve uma aula super bacana sobre santidade. Entendendo que a criança aprende de situações concretas para a abstradas, a Professora Neide trouxe uma abordagem prática, na qual quero compartilhar com os irmãos.

P1070750[2]

9788561934002_g[5]

(História evangelistica apec)

Hoje eu trouxe uma amiguinha comigo. Vocês querem conhecê-la? Seu nome é Ana. Vocês já pensaram no que a gente desobedecesse ou mentisse a língua crescesse? Vamos imaginar que Ana tem uma língua muito comprida

 

Logo que Ana levantou, a sua mãe pediu que ela guardasse os seus brinquedos. Sabem o que ela respondeu? Ahhhhhhhh! Eu não vou guardar agora, eu tenho que brincar lá fora. Ela saiu batendo a porta. Ela desobedeceu a sua mãe. Sua língua cresceu um pouco.

 

No mesmo dia, quando estava na escola a professora perguntou quem estava conversando, ela mentiu, dizendo que era a sua coleguinha que estava puxando assunto. Sua língua cresceu mais um pouco.

Na hora do recreio as meninas estavam jogando queimada como ela não foi escolhida, ficou com raiva e falou um nome feio. A sua língua cresceu mais um pouco.

Há um versículo na Bíblia que diz: “O homem vê o exterior, porém o Senhor conhece o coração”. (1 Samule 16.7). Deus estava vendo o coração de ana. Que vocês acham que Deus via?

Um dia Beto convidou ana para assistir uma classe Bíblica. Ela não queria ir, mas a sua mãe insistiu tanto que Ana acabou indo. lá na classe bíblica, ana estava inquieta… puxava a saia da menina da frente, jogava papelzinho nos meninos… Mas a professora estava contando uma estória de uma menina parecida com ela. Será que ela estava falando dela? Mas a menina tinha outro nome. E a menina da estória havia mudado de vida. Por que será? Ana começou a prestar atenção na estória para saber a razão da mudança da menina. Sabem por que ela mudou? É por que ela reconheceu que era pecadora, que fazia uma porção de coisas erradas. mas o Senhor Jesus Cristo morreu na cruz por ela e ela creu pedindo que Jesus fosse o seu Salvador.

 

A professora da classe perguntou se alguém queria aceitar o Senhor Jesus como o seu Salvador e permitir que Ele mudasse a sua vida. Ana mais que depressa levantou a mão. A professora ajudou-a a orar. Deus que sempre vê o coração, viu que agora o coração de Ana estava completamente mudado, em vez de ser mentiroso, agora era manso e humilde.

Em Jeremias 29.13 diz: “E buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração”. O sangue de Jesus Cristo limpou todos os pecados de Ana. No dia seguinte a mãe de Ana pediu pra ela não sair sem escovar os dentes. Ela respondeu: – Eu já vou mamãe. Da sua língua não saiu mais palavrão, ela não estava mais suja! Agora o coração de Ana era um coração alegre.

Ana lia a Bíblia todos os dias. Os seus olhos estavam bem abertos para entender a Palavra de Deus. Ela também orava todos os dias. Como é bom conversar com Deus.

 

Na escola quando a professora chamou-lhe a atenção, ela disse: “Desculpa, tia Vânia, eu vou procurar nõ conversar mais durante a aula” Agora da sua boca não saíam respostas duras, nem palavrões , mas saíam corações. Na hora do recreio Ana ficou contente por que ela ajudou sua amiguinha que caiu e se machucou. não demorou muito, as pessoas começaram a observar que Ana havia mudado. Agora ela tinha um coração bondoso. Da sua boca só saiam palavras amáveis.

Salmo 119. 11: ” Guardo no coração as Tuas Palavras, para eu não pecar contra ti.”

Por que será que Ana mudou tanto? Ana mudou por que jesus veio morar no seu coração. Só Jesus pode transformar as nossas vidas!

Após o momento da história, as crianças discutiram quais atitudes são ‘certas’ ou ‘erradas’, de acordo com as figuras que a professora as apresentou. A conversa gerou um cartaz de conceitualização que serviu de apoio na hora da atividade escrita.

Elas amaram… e eu também…